Gestão de pequenas e médias empresas: Evoluindo e crescendo

01

Muito empreendedores acreditam no potencial do seu negócio, mas emperram quando o assunto é evolução e crescimento. O grande questionamento é como sair do modelo familiar ou informal e migrar para a adoção de processos mais profissionais quando o assunto é a gestão do empreendimento. Na grande maioria dos casos os empresários acreditam que suas empresas não tem estrutura ou tamanho suficientes para adotar tais políticas. Neste caso, falaremos de três em especial, que são o resumo das operações de qualquer empresa: Processos, Pessoas e Tecnologia.

Em processos, estão todos os métodos, práticas e rotinas de que fazem parte a operação da empresa. Os fluxos de atividades, analises e acompanhamento de todas as etapas de produção – mesmo que sua empresa preste serviços – Deve ser minuciosamente detalhado e conhecido. Aqui, também é importante destacar a importância de conhecer e aplicar conceitos fundamentais de gestão administrativa e financeira, como por exemplo conhecer os conceitos de gestão de produção, financeira, comercial e de logística. Todas as áreas da empresa deverão estar interligadas para assim contribuir positivamente na gestão global.

Em qualquer empresa, o capital humano deve ser reavaliado constantemente. A departamentalização, a correta distribuição de funções, cargos e tarefas, deverá contribuir para o aumento da produtividade do colaborador, e contribuir automaticamente, para o retorno esperado para o negócio. A divisão de pessoas terá imprescindivelmente que estar em consonância com os objetivos do empreendimento. Além de ter capacitação e conhecimento técnico e operacional suficientes para somar a empresa que pertencem.

Em um mundo cada vez mais globalizado, a tecnologia é fator determinante da competitividade do negócio.Sistemas operacionais como ERPs agrupam informações importantes de toda a operação, integrando estas informações com a finalidade de abastecer o empresário extraindo dados para o entendimento do negócio e tomada de decisão. A partir deste ponto, o empresário pode com mais facilidade, estabelecer estratégias para a gestão financeira e administrativa da empresa. A inovação da tecnologia utilizada e aplicada às pequenas e médias empresas, é o último grande passo para a profissionalização da gestão administrativa.

Contudo, o empresário deve ter a percepção do negócio de uma forma global, ou seja, do todo. Adequar todas estas etapas para a realidade da sua empresa é o mais decisivo e importante fator na gestão a se considerar. A otimização de processos internos pode ser auxiliada por empresas de consultorias financeiras e empresariais, como ferramenta de melhorias organizacionais.

Post escrito por Juliana Agustineli

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA E OU ELETRÔNICAS

LEMES JUNIOR, Antônio Barbosa. ADMINISTRANDO MICRO E PEQUENAS EMPRESAS. Campus Editora: Rio de Janeiro, 2010.

 

Compartilhe nas redes Sociais

Gostaria de mais informações?

ENTRE EM CONTATO

Entre em contato

(11) 98415.0180 (Washington)
medzo@medzo.com.br